BLOG

Novo presidente ante o desafio de governar o Peru

Noticias

Pedro Pablo Kuczynski assume a presidência do Peru nesta quinta-feira (28) com planos de transformar o país numa estrela da região, mas precisará do apoio de uma poderosa oposição que pode condicionar isso a um indulto para Alberto Fujimori, seu máximo líder político.

Para o ex-banqueiro de Wall Street de 77 anos, que promete uma «revolução social» no Peru, foi custoso ganhar o afeto dos cidadãos.

Com virtudes mais técnicas que políticas, depois de sua apertada vitória nas eleições, aumentou em cinco pontos percentuais sua popularidade (subindo para 55%), menos do que seus antecessores possuíam no início.

«A eleição esteve polarizada e há uma porcentagem de pessoas que simpatiza com o fujimorismo. Ele vai precisar do respaldo da sociedade para fazer reformas, mais ainda se não tiver maioria no Congresso», disse à AFP o diretor da consultora Vox Populi, Luis Benavente.

As prioridades do novo presidente são combater a insegurança dos cidadãos, reduzir a pobreza que afeta 22% da população e estimular a economia reativando projetos de mineração, paralisados pela burocracia e conflitos sociais.

«O principal objetivo é a falta de serviços básicos para 30% a 40% da população. Não há colégios, segurança, água potável ou acesso a hospitais. Isso, a informalidade do trabalho e dos empresários, que atrasa o desenvolvimento», disse o presidente eleito. A isso, ele chama de «revolução social».

Para tal, irá requerer da «Fuerza Popular», o partido fujimorista que, apesar de perder a eleição, obteve a maioria absoluta no Congresso unicameral com 73 das 130 cadeiras, e que será crucial para aprovar reformas, algumas ajudas em troca de outras.

Desde sua estreita vitória no segundo turno de 5 de junho, Kuczynski, que só conta com 18 deputados, lançou mensagens de aproximação às principais forças políticas do país.

Há duas semanas, apresentou seu governo, com um perfil nitidamente técnico. Dos 19 ministros, só um pertence ao seu partido «Peruanos Por el Kambio» (PPK) e já chamou alguns ex-ministros e ex-funcionários dos governos de Alejandro Toledo (2001-2006), Alan García (2006-2011) e do presidente em fim de mandato, Ollanta Humala.

 

Apostando no indulto

Conhecido por suas iniciais, PPK deverá decidir sobre uma solicitação de indulto de último minuto apresentada pelo ex-presidente Alberto Fujimori, condenado a 25 anos de prisão por crimes contra a humanidade e que foi recebida para o trâmite na gestão de Ollanta Humala.

«Se não foi feito pelo atual presidente, é altamente improvável que eu faça», assegurou PPK, que teve o apoio-chave do anti-fujimorismo em sua vitória eleitoral.

Para analistas, indultar Fujimori, com a saúde debilitada, seria uma traição. A comissão que avalia o indulto dará seu relatório em dois meses.

Entretanto, Kuczynski não se oporia em promulgar uma lei aprovada pelo Congresso permitindo que prisioneiros idosos com má saúde possam cumprir a pena em prisão domiciliar. Fujimori completa 78 anos neste 28 de julho. «Isso eu assinarei, o indulto não assinarei», destacou PPK.

O fujimorismo «não quer a prisão domiciliar sem um Fujimori indultado, com todos os seus direitos, que faça política e até seja candidato», considerou o analista Benavente.

 

Conflitos sociais

O PIB do Peru pode crescer 4% neste ano, melhor que seus vizinhos, e a mineração é um importante motor na economia deste país, que é o terceiro maior produtor mundial de cobre.

Mas os 152 conflitos de caráter ambiental contabilizados em junho deste ano impediram projetos-chave, com cidadãos, agricultores e pecuaristas temendo a contaminação de seus recursos naturais.

Para Kuczynski, a oposição radical a projetos de mineração no Peru, que marcaram a gestão de Humala, se deu ao fato de não terem sido resolvidos alguns problemas relacionados com serviços básicos e demandas históricas das comunidades.

Por isso, apresenta o chamado «adianto social» para que, antes do investimento na mineração, sejam resolvidos assuntos vinculados à saúde, educação ou trabalho nas localidades onde planeja-se desenvolver um projeto e, se necessário, flexibilizar a rigorosa norma de meio-ambiente para alinhá-la com a do Canadá.

Dois investimentos milionários – Conga, da americana Newmont e da local Buenaventura; e Tía María – de uma filial peruana de Southern Copper – estão paralisados.

No Peru, um dos maiores produtores mundiais de cocaína segundo a ONU, o narcotráfico é uma epidemia e PPK reforçará a substituição dos cultivos da folha de coca por outros como de cacau ou o café, um plano que o Peru aplica há vários anos.

 

AFP

Últimos do Blog
Noticias

Gobierno de Bolivia entregará títulos de tierra a campesinos

Más
Noticias

Colombia. Los cinco precandidatos presidenciales que ya tiene el Pacto Histórico para 2022

Más
Noticias

Nito Cortizo aseguró que en su administración no se han realizado escuchas ilegales

Más
Noticias

Enrique Sánchez está enfocado en refundar el Partido Febrerista

Más
Noticias

PRI y PRD pierden más del 70% de su militancia

Más
Noticias

Legislativo de Ecuador instala mesa sobre demandada ley de educación

Más
Noticias

Castillo nombra a primer ministro de izquierda en Perú y deja pendiente al de Economía

Más
Noticias

Argentina passa a considerar cuidado materno como trabalho e garante direito à aposentadoria de 155 mil mulheres

Más
Noticias

PRD pide a ciudadanos no participar en la consulta popular del 1 de agosto

Más
Noticias

Bolsonaro emprende nueva reforma ministerial para sumar apoyos en el Congreso

Más
Noticias

La hora de Pedro Castillo

Más
Noticias

Colombia Humana, UP y MAIS se declararon en oposición a Claudia López

Más
Noticias

Proyectos que ha realizado la alcaldía de Claudia López

Más
Noticias

Presidente del partido de izquierdas uruguayo deja su cargo y llama a unión

Más
Noticias

Mónica Fein será precandidata a diputada nacional y enfrentará a la lista de Pablo Javkin

Más
Noticias

Narváez marca primeras diferencias con candidatura de Provoste: “La realidad que hemos visto, es que es una reacción a las encuestas”

Más
Noticias

Presidente del PS, Álvaro Elizalde, asegura que Narváez no bajará su candidatura en favor de Yasna Provoste

Más
Noticias

Nicaragua: el régimen continúa con la persecución a opositores y Ortega aseguró que “no hay espacio para la negociación”

Más
Noticias

Colas para hacerse con un hueso de carne: el hambre se dispara en Brasil

Más
Noticias

Sí Por México llama a PAN, PRI y PRD a buscar candidato de unidad para las elecciones de 2024

Más
Noticias

Pedro Castillo teje una red de apoyos para gobernar Perú en un escenario adverso

Más
Noticias

La Policía investiga a Bolsonaro por supuesta prevaricación en la pandemia

Más
Noticias

Gustavo Petro brasileño está cansado de que lo culpen de todo en Twitter

Más
Noticias

Claudia López acusa a Petro de ‘incendiar a Colombia’

Más
Noticias

Ex-ministro da Defesa da Bolívia planejou segundo golpe usando mercenários dos EUA

Más
Noticias

Cuba logra la primera vacuna latinoamericana con datos de efectividad al nivel de Pfizer y Moderna

Más
Noticias

Presentan en Ecuador propuesta para ley de aborto por violación

Más
Cuba

La alta abstención marca un nuevo escenario político en Cuba

Más
Perú

El presidente de Perú afronta un nuevo pedido de destitución

Más
Colombia

Petro pide perdón por «genocidio» paramilitar y reconoce culpa del Estado

Más